Novembro 26 2009

Uma Comédia Interessante.

 

O humor não tem de ser corrosivo e anárquico. Pode ser, simplesmente, uma forma de nos divertirmos sem grandes preocupações morais. ‘Ele é Ela’ consegue isso, com textos razoáveis e boa interpretação.

 

"O humor, sabe-se, é uma coisa séria. Especialmente na televisão. Há muito e diferente humor, do corrosivo de ‘Monty Python’ ou de ‘Little Britain’ ao mais consensual de ‘Friends’. Costuma haver de tudo para todos. Jerry Seinfeld tinha razão quando dizia: “Não há essa coisa como divertimento para toda a família”. Há sim humor para diferentes tipos de espectadores e a televisão muitas vezes não percebe isso. É por essa razão que, ao longo dos últimos anos, temos tido sessões intermináveis dos ‘Malucos do Riso’ ou coisas inenarráveis como o ‘Tele Rural’. Há quem goste, há quem veja por falta de alternativa, e há quem desligue a televisão.

 

Herman José marcou uma época em Portugal e ainda não se descobriu o seu sucessor. E também há falta de séries de humor originais, que não sejam apenas conjuntos de ‘quadros’. ‘Ele é Ela’ é, nesse aspecto, um caso curioso. Poderíamos vê-la ao som de ‘Ele e Ela’ de Carlos Canelhas para a voz de Madalena Iglésias, mas neste caso trata-se de uma nova adaptação de uma série de humor latino-americana. Aí reside a primeira questão: nem tudo o que é adaptado tem de ser mau: ‘Conta-me como Foi’ mostrou como, a partir de um original alheio, é possível construir uma boa série nacional.

 

E ‘Ele é Ela’ é uma série, que não sendo original, é muito interessante. Mostra como, de uma ideia simples, se pode fazer uma série divertida, sem grandes devaneios e sem ofender o cérebro dos espectadores. É bem adaptada, mas isso é o resultado de uma produção que teve mais cuidados do que o habitual. Começou pelo mais difícil: os textos não se transformaram num conjunto de frases banais e irritantes.

Depois, ultrapassou algo que costuma ser um problema inultrapassável: conseguir uma actriz (e isso aqui era o mais difícil) que pudesse ter, por dentro, a estrutura mental de um homem. Uma surpreendente Benedita Pereira conseguiu transformar Júlio em Julieta sem que tudo parecesse grotesco. E prova que cresceu muito como actriz. ‘Ele é Ela’ é uma agradável surpresa: diverte calmamente. E de forma simples."

 

In Correio da Manhã

publicado por Titinha às 14:49

Visitas à Série
Estadisticas y contadores web gratis
Horário
Todos os Sábados no Horário Nobre da TVI, a Série mais engraçada da Televisão Portuguesas!
Site Oficial da Novela na TVI

Vídeo de Apresentação